Leone Serviços

Leone Serviços
Portaria Limpeza Zeladoria Motorista

Escreva abaixo para pesquisar assuntos tratados neste Site

Carregando...

Google+ Followers

Leia mais Noticias deste Site

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Porteiro de Condomínio


“A profissão de porteiro passou por uma grande evolução nos últimos anos. Não que antes ela tivesse sido simples. Só que, no passado, muita gente achava que a atividade se limitava ao controle de quem entra e quem sai do edifício”, afirma Rubens de Oliveira, diretor da Goden Star Segurança uma empresa de São Paulo que efetua projetos de Riscos de Segurança e mão de obra de Portaria, Segurança Armada e Escolta de Cargas.

Na visão dele, pouco a pouco as pessoas começam a perceber que “a portaria é por onde começa a segurança de um prédio ou de uma empresa”. Por isso, nos processos seletivos organizados por nossa empresa de segurança, os candidatos são cobrados em quesitos que vão desde a boa aparência - é exigido aos homens, por exemplo, que estejam sempre de barba feita - até ensino médio completo e conhecimentos em informática, bem como levantamento criminal, social, testes psicológicos e testes de aptidão, PCMSO e PPRA.

“Qualificação é o alicerce para toda e qualquer profissão. Buscamos profissionais que desejam crescer na carreira”, tratamos e treinamos nossos Porteiros nas mesmas condições de nossos Seguranças afirma a Rubens da Golden Star.

Nos últimos tempos, aliás, encontrar profissionais qualificados não tem sido tarefa fácil para as empresas, ainda a baixa remuneração está em primeiro lugar depreciando a função, somente com algumas vantagens adicionais, tais como benefícios e treinamentos mudam um pouco este panorama.

Na falta de mão-de-obra com capacitação específica, as empresas têm optado por candidatos formados em escolas de vigilantes. “Estes possuem um conhecimento na área de segurança”, mas este candidato é oportunista, pois não conseguiu qualificar-se em sua profissão e migrou a função de Porteiro, afirma Rubens.

Cursos de Segurança em Condomínio e atendimento ao público (em suma, tudo o que possa vir a auxiliar no trato do porteiro com o público em geral) também costumam ser levados em conta nos processos seletivos. Como muitas guaritas são informatizadas (e há casos de candidatos a vagas que sequer sabem ligar um micro), conhecimentos básicos em computação também estão sendo considerados fundamentais diz Rubens.

O treinamento básico para porteiros costuma ficar por conta das próprias empresas e dura, em geral, três meses. No decorrer do processo de qualificação, os profissionais recebem noções de como lidar com o público, atendimento telefônico, ou mesmo de como agir em casos de emergências ou sinistros nos condomínios, mas não basta parar por ai, uma empresa esta comprometida com seu cliente se manter seu funcionário supervisionado, treinado e reciclado periodicamente, muitas empresas prestam este tipo de serviço sem qualificação profissional, ou seja não estão amparadas em Leis vigentes, vendem serviços de segurança e implantam serviços de porteiros, ludibriando o cliente com falsas promessas.


Emidio Campos
Gestor de Segurança
http://segurancadecondominio.blogspot.com

Nenhum comentário:

Blog - Segurança do Condomínio


Procuro empresa que queira fazer e manter seu blog atualizações diárias, promovendo seus serviços e contribuindo com a segurança pública.

Elaboro análises de segurança.
Efetuo treinamentos.
Indico melhores empresas terceirizadas do Brasil.

Emidio Campos
Gestor de Segurança

Média diária de visitas 400
Média mensal de visitas 16.000
Número de publicações 2.500 postagens

Assunto Segurança

Sua empresa sendo vista por todos

segurancaprivadasp@gmail.com

E Mail do Consultor - segurancaprivadasp@gmail.com - Skype emidiocampos

SEGURANÇA EM EVENTOS FOTOS REAIS DE EVENTOS COM NOSSA SEGURANÇA

Policia Militar de São Paulo

Policia Militar de São Paulo
Apoio Leone Terceirizações

Doação de Orgãos

Faça a campanha em seu condominio
POR QUE DOAR?A carência de doadores de órgãos é ainda um grande obstáculo para a efetivação de transplantes no Brasil. Mesmo nos casos em que o órgão pode ser obtido de um doador vivo, a quantidade de transplantes é pequena diante da demanda de pacientes que esperam pela cirurgia. A falta de informação e o preconceito também acabam limitando o número de doações obtidas de pacientes com morte cerebral. Com a conscientização efetiva da população, o número de doações pode aumentar de forma significativa. Para muitos pacientes, o transplante de órgãos é a única forma de salvar suas vidas.Saiba mais no Site:http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/transplante-de-orgaos/doacao-de-orgaos.php
Divulgação Emidio Campos:. Consultor de Segurança

Evento Jovem Brasileiro

Evento Jovem Brasileiro
Gestor de Segurança Emidio campos

Veja como aumentar a segurança do seu condomínio