Leone Serviços

Leone Serviços
Portaria Limpeza Zeladoria Motorista

Escreva abaixo para pesquisar assuntos tratados neste Site

Google+ Followers

Leia mais Noticias deste Site

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Vigilante acusado de matar jovem negro em condomínio se entrega nos EUA

Vigilante acusado de matar jovem negro na Flórida se entrega

O vigilante George Zimmerman, 28, acusado de matar o adolescente negro Trayvon Martin, 17, em um condomínio, se entregou nesta quarta-feira à polícia de Sanford, na Flórida. Ele foi acusado pela Promotoria por homicídio pelo crime, que aconteceu em 26 de fevereiro.


Foto de George Zimmerman, tirada pela policia de Sanford, após ter se entregado nesta quarta

Membros da Promotoria da Flórida afirmam que ele será interrogado nesta quinta (12). Caso seja condenado pela morte do jovem, Zimmerman poderá ser punido de 25 anos de reclusão a prisão perpétua.

O advogado de Zimmerman, Martin O'Hara, afirmou não ter preocupações sobre o estado mental de seu cliente. A defesa afirma que aplicará a polêmica lei "Stand Your Ground", existente na Flórida, para provar que o vigilante não é culpado.

A medida permite responder em liberdade ao processo e não pune quem causa a morte de outra pessoa após receber uma ameaça de morte ou lesão corporal grave. No primeiro depoimento à polícia, quando ocorreu o crime, o vigia alegou ter atuado em legítima defesa, o que o deixou em liberdade.

A saída de Zimmerman foi a responsável pela eclosão dos protestos em diversas cidades americanas contra a lei. O caso gerou comentários da ONU (Organização das Nações Unidas) e do presidente Barack Obama, dizendo que, se tivesse um filho homem, ele seria como Trayvon.

Martin foi listado como vítima de racismo por grupos de direitos humanos e manifestantes do movimento negro americano.

Do outro lado, os apoiadores de Zimmerman, americano de origem peruana, afirmaram que o vigilante é símbolo do caráter americano e tentaram mostrá-lo como o protetor da comunidade que arrisca a própria vida para salvar os vizinhos.

ALÍVIO

Os pais de Trayvon Martin expressaram alívio pela acusação do vigilante. "A pergunta que eu gostaria de fazer a ele é, se ele poderia olhar nos olhos de Trayvon e ver o quão era inocente, ele teria puxado o gatilho? Ou deixaria ele ir para casa", afirmou seu pai, Tracy Martin.

Na terça, George Zimmerman fez sua primeira declaração pública, em uma página que criou na internet. O vigilante explica que o acontecimento mudou sua vida.

"Fui forçado a deixar minha casa, minha escola, meu trabalho, minha família e, em última instância, minha vida inteira", relata Zimmerman na página, que mantém como fundo de tela uma bandeira americana.

No site, o vigilante explica muito brevemente: "No domingo 26 de fevereiro me vi envolvido em um acontecimento daqueles que mudam a vida (de uma pessoa) e que me tornou alvo de uma intensa cobertura midiática".

Zimmerman criou uma página na internet para mostrar sua versão do disparo e arrecadar fundos para conseguir fazer sua defesa.

ADVOGADO

Pouco depois da revelação do site, os advogados de defesa do vigilante deixaram o caso. Eles afirmam que perderam a comunicação com seu cliente e que Zimmerman entrou em contato direto com a Promotoria, contrariando as recomendações.

"Se ele não quer que eu seja seu advogado, não posso interferir, eticamente não posso me impor, embora realmente acredite neste caso e em sua inocência", explicou nesta terça-feira em entrevista coletiva Craig Sonner, quem junto a Hal Uhrig estava defendendo os interesses de George Zimmerman.

Eles explicaram que desde domingo o homem de 28 anos, que permanece escondido, deixou de atender aos telefonemas e as mensagens de texto dos dois advogados, que desde o início da polêmica pela sua manutenção em liberdade estiveram à frente de sua defesa.

"Não podemos defendê-lo a menos que ele nos peça", explicou Uhrig na entrevista em Sanford (Flórida), na qual se negaram a dar detalhes sobre o esconderijo de Zimmerman.

"Temos uma ideia bastante boa de onde está", limitou-se Urhig, quem acrescentou quem está no encalço dele pode deixar de procurá-lo na Flórida, mas fazê-lo em todo o território americano.


Emidio Campos
Gestor de Segurança
http://segurancadecondominio.blogspot.com
E mail - segurancaprivadasp@gmail.com

Nenhum comentário:

E Mail do Consultor - comercial@leoneservicos.com.br - Skype emidiocampos

Policia Militar de São Paulo

Policia Militar de São Paulo
Apoio Leone Terceirizações

Doação de Orgãos

Faça a campanha em seu condominio
POR QUE DOAR?A carência de doadores de órgãos é ainda um grande obstáculo para a efetivação de transplantes no Brasil. Mesmo nos casos em que o órgão pode ser obtido de um doador vivo, a quantidade de transplantes é pequena diante da demanda de pacientes que esperam pela cirurgia. A falta de informação e o preconceito também acabam limitando o número de doações obtidas de pacientes com morte cerebral. Com a conscientização efetiva da população, o número de doações pode aumentar de forma significativa. Para muitos pacientes, o transplante de órgãos é a única forma de salvar suas vidas.Saiba mais no Site:http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/transplante-de-orgaos/doacao-de-orgaos.php
Divulgação Emidio Campos:. Consultor de Segurança

Evento Jovem Brasileiro

Evento Jovem Brasileiro
Gestor de Segurança Emidio campos

Veja como aumentar a segurança do seu condomínio



Arquivo do blog

Evento Jockey Club

Evento Jockey Club
Leone Serviços

Leone Serviços de Portaria

Leone Serviços de Portaria
Treinamento Israelense

Lei 4591/64 sobre Condomínios

Lei 4591/64 sobre Condomínios
Clique na foto e Leia esta lei