Leone Serviços

Leone Serviços
Portaria Limpeza Zeladoria Motorista

Escreva abaixo para pesquisar assuntos tratados neste Site

Google+ Followers

Leia mais Noticias deste Site

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Sem teto invade condomínio e não sabem como tira-los




Após um ano e três meses da invasão do Condomínio Habitacional Jardim Kennedy, em Mauá, a Prefeitura ainda não possui plano para retirada das cerca de 40 famílias que ocupam o local.
A administração municipal informou que conseguiu liminar de reintegração de posse do imóvel em março. Porém, não há data definida para a retirada dos moradores. Apenas foi solicitado aos munícipes que deixem a área voluntariamente. Caso isso não aconteça, a Prefeitura afirma que ainda irá estudar como será feita a desocupação dos apartamentos inacabados.
Os sete prédios começaram a ser construídos há oito anos. A obra foi embargada em 2009, após o Tribunal de Contas do Estado constatar irregularidades no processo de licitação. A Prefeitura conseguiu regularizar a situação, mas o espaço foi invadido. Para dar continuidade à construção das unidades habitacionais - que atenderão moradores do Jardim Kennedy cadastrados na Secretaria de Habitação e beneficiários de projeto de urbanização ainda não executado - é necessária desocupação do local.
BOLSA ALUGUEL 
Para que isso aconteça, a administração oferece bolsa aluguel para as famílias deixarem a área. A primeira parcela do benefício só é paga após o munícipe apresentar o contrato de locação do imóvel. O valor pago é de aproximadamente R$ 400 e é estipulado dependendo do número de integrantes de cada família. Este procedimento é determinado por lei.
Os moradores temem sair do local sem garantia de outra moradia. "Tenho filha de 4 anos e esposa grávida. Não posso ir embora sem outro lugar para ficar. Está difícil conseguir aluguel com o que é pago pela Prefeitura. Como vou apresentar contrato se não consigo outra casa?", questionou Wilson Dourado da Silva, 34 anos. "Tem gente que saiu e está sem receber há dois meses", afirmou o morador.
O espaço, que era precário quando foi invadido, vem sendo moldado pelos ocupantes. Eles próprios construíram banheiros, colocaram portas e janelas, além de instalarem luz e água.


Emidio Campos
Instrutor de Segurança
http://segurancadecondominio.blogspot.com
E mail - segurancaprivadasp@gmail.com

Nenhum comentário:

E Mail do Consultor - comercial@leoneservicos.com.br - Skype emidiocampos

Policia Militar de São Paulo

Policia Militar de São Paulo
Apoio Leone Terceirizações

Doação de Orgãos

Faça a campanha em seu condominio
POR QUE DOAR?A carência de doadores de órgãos é ainda um grande obstáculo para a efetivação de transplantes no Brasil. Mesmo nos casos em que o órgão pode ser obtido de um doador vivo, a quantidade de transplantes é pequena diante da demanda de pacientes que esperam pela cirurgia. A falta de informação e o preconceito também acabam limitando o número de doações obtidas de pacientes com morte cerebral. Com a conscientização efetiva da população, o número de doações pode aumentar de forma significativa. Para muitos pacientes, o transplante de órgãos é a única forma de salvar suas vidas.Saiba mais no Site:http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/transplante-de-orgaos/doacao-de-orgaos.php
Divulgação Emidio Campos:. Consultor de Segurança

Evento Jovem Brasileiro

Evento Jovem Brasileiro
Gestor de Segurança Emidio campos

Veja como aumentar a segurança do seu condomínio



Arquivo do blog

Evento Jockey Club

Evento Jockey Club
Leone Serviços

Leone Serviços de Portaria

Leone Serviços de Portaria
Treinamento Israelense

Lei 4591/64 sobre Condomínios

Lei 4591/64 sobre Condomínios
Clique na foto e Leia esta lei