Leone Serviços

Leone Serviços
Portaria Limpeza Zeladoria Motorista

Escreva abaixo para pesquisar assuntos tratados neste Site

Google+ Followers

Leia mais Noticias deste Site

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Condomínio contrata Salva-Vidas para piscina no verão

Durante o verão, a piscina se torna a principal opção de lazer das crianças nos condomínios. Mas se engana quem pensa que é só diversão. Para não haver problemas, algumas regras precisam ser seguidas. Em muitos condomínios de São Paulo, só os moradores usam a piscina. Os convidados não entram e a segurança fica por conta do salva-vidas.
Mostramos aqui a solução adotada por alguns condomínios, um deles é de um prédio na Zona Leste da capital paulista que tem 6 mil moradores, sendo 3.500 crianças. Durante as férias, grande parte delas vai para a piscina. “Minha mãe fala para eu ficar aqui uma hora, que eu tenho que cuidar da minha cachorra, mas é férias”, diz Gustavo de Carvalho, de 8 anos.
Para que os pais fiquem tranquilos enquanto os filhos brincam na água, os moradores contrataram um salva-vidas para o período de verão. O salário dele é dividido entre os moradores e sai por menos de R$ 0,70 para cada apartamento por mês. “Quando não tem salva-vidas, a piscina fica fechada”, diz a síndica, Fernanda Toledo Mantovan.
Em outro condomínio, no bairro da Aclimação, Zona Sul, são 80 crianças que nesta época não saem da piscina. Lá é o segurança do prédio que não tira os olhos da água. E quem tem menos de 10 anos, só entra acompanhado dos pais.


Emidio Campos
Gestor de Segurança
http://segurancadecondominio.blogspot.com
E mail - segurancaprivadasp@gmail.com

Nenhum comentário:

E Mail do Consultor - comercial@leoneservicos.com.br - Skype emidiocampos

Policia Militar de São Paulo

Policia Militar de São Paulo
Apoio Leone Terceirizações

Doação de Orgãos

Faça a campanha em seu condominio
POR QUE DOAR?A carência de doadores de órgãos é ainda um grande obstáculo para a efetivação de transplantes no Brasil. Mesmo nos casos em que o órgão pode ser obtido de um doador vivo, a quantidade de transplantes é pequena diante da demanda de pacientes que esperam pela cirurgia. A falta de informação e o preconceito também acabam limitando o número de doações obtidas de pacientes com morte cerebral. Com a conscientização efetiva da população, o número de doações pode aumentar de forma significativa. Para muitos pacientes, o transplante de órgãos é a única forma de salvar suas vidas.Saiba mais no Site:http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/transplante-de-orgaos/doacao-de-orgaos.php
Divulgação Emidio Campos:. Consultor de Segurança

Evento Jovem Brasileiro

Evento Jovem Brasileiro
Gestor de Segurança Emidio campos

Veja como aumentar a segurança do seu condomínio



Arquivo do blog

Evento Jockey Club

Evento Jockey Club
Leone Serviços

Leone Serviços de Portaria

Leone Serviços de Portaria
Treinamento Israelense

Lei 4591/64 sobre Condomínios

Lei 4591/64 sobre Condomínios
Clique na foto e Leia esta lei